domingo, dezembro 25, 2005

Fio a fio

Duración media del llanto, tres minutos. (Cortázar)


não tardou para o amor
dissolver-se
eu já o via,
fio a fio
meu amor por um fio

e não adiantava tecer o vento
e soprá-lo em nossa direção
pois a corda bamba
não derruba
só enforca
e ao livrar-me dessa nostalgia
temo
amor-te

5 comentários:

andré disse...

ano novo, olinda jana!!!!:)
vô te buscar nessa porra de ilha e te trazer pra cá logo logo]
adoro teus escritos, amor

camila disse...

jana
dia 10 tô aí
saudade grande tua, menina

Marcinha disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marcinha disse...

sempre acho que tem solução. não quero ser extremista, mas te acho uma inventora sempre inquieta que busca sabe-se lá o que...

vinícius disse...

tu és a pessoa mais forte que conheço.a tua fragilidade é ao mesmo tempo, fio a fio, uma grande fortaleza. beijos.


Ps:andré não te leva pra olinda, agora, nem a pau.